Publicado em 08/07/2019 14h11

Militar da Marinha é detido após abandonar posto de serviço armado

Guarnições da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) seguem em busca do fuzil 7.62

Um militar da Marinha de Guerra do Brasil foi detido por guarnições da 19ª Companhia Independente Polícia Militar  no início da tarde desta segunda-feira (8), após abandonar o posto de serviço armado durante esta madrugada. De acordo com informações apuradas pelo Varela Notícias, o homem foi encontrado no bairro de Fazenda Coutos, no Subúrbio. 

O militar teria deixado a guarita do quartel da Base Naval de Aratu, em São Tomé de Paripe, com um fuzil 7.62, 20 munições e um rádio transmissor portátil, após afirmar para um colega durante a tarde do último domingo que “iria fazer uma besteira”.

As informações preliminares dão conta que o militar apresenta sinais de surto. O fuzileiro foi levado para Base Naval de Aratu e responderá pelo artigo 195°, que prevê de três meses a um ano de detenção. O fuzil, no entanto, não foi encontrado.

As guarnições da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) seguem em busca do armamento. Em nota, o 2° Distrito Naval afirmou que “a prisão se configurou como flagrante delito e o militar responderá ao Inquérito Policial Militar (IPM), já aberto pela BNA”.

Autoria: VNNews

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
Copyright 2015-2019 © www.reconcavoagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@reconcavoagora.com.br • Tel/WhatsApp: (75) 99701-8515 / (71) 99246-7277
Desenvolvimento: Tecnosites