Publicado em 05/12/2018 16h57

Leo Prates diz que Vado antes de desaparecer foi orientado a não renunciar mandato

Quarta, 05 de Dezembro de 2018 Redação Recôncavo Agora

[Leo Prates diz que Vado antes de desaparecer foi orientado a não renunciar mandato]

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), confirmou na manhã desta quarta-feira (5) a versão de que o vereador Vado Malassombrado (DEM) tenha requerido uma carta de renúncia. Entretanto, conforme o demista, o correligionário teria sido orientado pela assessoria legislativa da Casa a reavaliar a possibilidade de abrir mão do mandato.

Segundo Prates, em pronunciamento no Plenário Cosme de Farias, durante evento do Prêmio Jânio Lopo, Vado estava abalado emocionalmente. "(Ele) Saiu com um modelo de carta de renúncia nas mãos e foi impedido pela assessoria da Câmara, dentro dos argumentos, para não renunciar, já que a assessoria viu que ele estava bastante abalado emocionalmente", contou Leo, parabenizando a ação dos assessores do Legislativo. A recomendação teria sido dada para que o vereador refletisse sobre a medida.

O presidente da Câmara foi procurado pela família de Vado na tarde de terça. A causa da renúncia é desconhecida e o sumiço de Vado intriga familiares, amigos e os demais vereadores. O caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP).  


 

Autoria: BNews

  • Link:

Comente essa notícia

ENQUETE RECONCAVO AGORA

Em qual desses pré-candidatos com certeza você votaria para Prefeito de Maragojipe 2020?















Resultado parcial

Enquete ficará até o dia 31 de Dezembro.

Publicidade
Copyright 2015-2018 © www.reconcavoagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@reconcavoagora.com.br • Tel/WhatsApp: (75) 99701-8515 / (71) 99246-7277
Desenvolvimento: Tecnosites