Publicado em 06/11/2018 19h22

Candidatos e partidos só têm até hoje para prestar contas à Justiça Eleitoral

Redação Recôncavo Agora

[Candidatos e partidos só têm até hoje para prestar contas à Justiça Eleitoral]

Termina nesta terça-feira (6) o prazo para os candidatos e partidos que concorreram às eleições de 2018 prestarem contas à Justiça Eleitoral. Prevista pela Resolução do TSE nº 23.553/2017, a obrigação se refere a toda movimentação realizada durante as campanhas. O TRE-BA está de plantão para receber a documentação, das 13h às 19h.

Na prestação de contas, os candidatos precisam justificar como geriram recursos financeiros e bens estimáveis em dinheiro para tentar as vagas. Não está isento de prestar contas o candidato ou partido que não tiver movimentado recursos nesse período. Quem renunciou à candidatura, foi substituído ou teve registro indeferido pela Justiça Eleitoral também deverá prestar contas.

É obrigatória a constituição de advogado para a prestação de contas. Candidatos e órgãos partidários estaduais devem ir diretamente ao TRE-BA. Já os órgãos municipais precisam levar essa justificativa ao Cartório Eleitoral de jurisdição do município. 

Passo a passo da prestação de contas

A prestação de contas deve ser elaborada exclusivamente por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais – SPCE e transmitida para a Justiça Eleitoral pela internet;

Após o recebimento das contas na base de dados da Justiça Eleitoral, o sistema SPCE emitirá o Extrato da Prestação de Contas, certificando a entrega eletrônica;

Este extrato deve ser assinado pelo candidato titular e vice ou suplente, se houver; pelo profissional habilitado em contabilidade, e pelo administrador financeiro, este último se houver sido constituído. No caso de partidos, deverá ser assinado pelo presidente e pelo tesoureiro do partido político, e pelo profissional habilitado em contabilidade;

Órgãos e candidatos estaduais devem apresentar o extrato assinado e digitalizado em PDF, com reconhecimento ótico de caracteres, tecnologia que torna os dados pesquisáveis. Tudo deve ser entregue à seção de protocolo do TRE-BA, no CAB, exclusivamente em mídia eletrônica compatível para leitura por meio de entrada USB; 

Para os órgãos de direção municipal a orientação é: transmissão de contas pelo sistema SPCE; impressão do Extrato da Prestação de Contas; colher as assinaturas necessárias e, com os mesmos documentos exigidos para os diretórios estaduais, apresentar a prestação de contas em meio físico, na respectiva Zona Eleitoral.

Quitação eleitoral

O candidato que não prestar contas ficará impedido de obter a certidão de quitação eleitoral até o final da legislatura. Os efeitos dessa restrição só serão sanados com a efetiva regularização da pendência. Recursos públicos recebidos de fundo partidário e/ou de fundo especial de financiamento de campanha também deverão ser devolvidos ao Tesouro Nacional.

Autoria: BC

  • Link:

Comente essa notícia

ENQUETE RECONCAVO AGORA

Como você avalia os vereadores da situação em Maragojipe?





Resultado parcial

Luisinho, Beto de Betuca, José Moisés, Paulo de Plínio, José Benedito, Zé de Roque e Juninho da Colônia...

Publicidade
Copyright 2015-2019 © www.reconcavoagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@reconcavoagora.com.br • Tel/WhatsApp: (75) 99701-8515 / (71) 99246-7277
Desenvolvimento: Tecnosites