Publicado em 13/03/2018 17h33 - Atualizado em 13/03/2018 18h52

Nota: Prefeitura Municipal de Maragojipe Emite nota sobre o Veto

Terça, 13 de março de 2018 Redação Recôncavo Agora

 

O veto se deu através do atual cenário econômico que o país vivencia e também por inúmeros débitos previdenciários que a Câmara Municipal de Maragojipe tem junto ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), ocasionando graves problemas para o município de Maragojipe e assim obrigando a fazer o parcelamento dessas dividas, vale ressaltar que com todos os débitos previdenciários de exercícios anteriores da Câmara Municipal de Maragojipe o montante é de aproximadamente R$ 800 mil reais.

A Câmara Municipal de Maragojipe durante o ano de 2017 recolheu o INSS de seus servidores e não pagou, gerando um débito para o município de Maragojipe no ano de 2017 de mais de 350 mil reais, trazendo com isso inúmeros problemas.

 

Diante desta nota, a redação foi buscar alguns exemplos.

A redação do site Recôncavo Agora, foi buscar em outras cidades informações sobre a nova lei que entrou em vigor este ano. No entanto, pegamos o exemplo do Paraná e veja algumas polêmicas.

 

Polêmicas municipais

 Depois da regulamentação feita pelo STF, várias câmaras municipais do Paraná tentaram aprovar projetos para pagar os benefícios aos vereadores, prefeitos e vices. Em todos os casos, houve polêmicas.

Em Palmital, na região central do Paraná, a Câmara aprovou o projeto, mas o prefeito ainda não o sancionou.

Em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba, mas o prefeito promete vetar.

"A gente tentou fazer e achou que não ia dar uma polêmica tão grande, porque é uma câmara enxuta. Mas eu sou sincero. O momento não é oportuno", diz o vereador Guilherme Chupel (PEN), que preside a Casa.

Com a repercussão negativa, os vereadores de Mandirituba já sugeriram doar o dinheiro extra para uma entidade assistencial.

Autoria: Redação Recôncavo Agora

  • Link:

Comente essa notícia

Copyright 2015-2018 © www.reconcavoagora.com.br - Todos os direitos reservados
jornalismo@reconcavoagora.com.br • Tel/WhatsApp: (75) 99701-8515 / (71) 99246-7277
Desenvolvimento: Tecnosites